Skip navigation

Tag Archives: Apocalipse

Como já se passou bastante tempo desde que eu comentei Knowing, irei explicar mais da minha idéia para um cenário pós-apocalíptico. A Wired também descobriu que o assunto desperta interesse e começou a publicar matérias sobre o apocalipse geomagnético, também conhecido como solar flare (erupção solar) ou mais popularmente, quando o botijão de gás do forno celestial explode. Antes de mais nada, vou deixar claro que isso pode acontecer a QUALQUER momento e que a nossa civilização não está preparada para enfrentar este desastre.

Nem Nicholas Cage resistiu
Nem Nicholas Cage evitou

As erupções solares liberam a energia de milhões de bombas atômicas que desintegram tudo que encontram pela frente, até mesmo átomos. O plasma aquecido a uma temperatura de milhões de graus Kelvin consegue acelerar partículas elementares a uma velocidade próxima à da luz, produz radiação em todas as freqüências eletromagnéticas e afeta toda a ionosfera terrestre, prejudicando a comunicação via rádio a longas distâncias.

Diferentemente do que o personagem de Nicholas Cage sofreu no filme Presságio, você não vai morrer torrado, calcinado e depois completamente desintegrado pela ação da energia solar. O principal motivo para isto é que a Terra possui um campo magnético que nos protege da ação nociva desses raios solares, defletindo partículas  e amortecendo o impacto delas no nosso planeta. É por isso que nós não moramos em um lugar como Marte, que não possui magnetosfera e que cuja atmosfera foi completamente varrida para o espaço sideral. O que possivelmente vai ocorrer no futuro, sabe-se lá quando, é um apagão em massa por conta dos ventos solares que agridirão as linhas de força e outros equipamentos sofisticados. Isso é um consenso: Cedo ou tarde virá um dos grandes e o estrago vai ser feio.

Peraí Max, ainda não

Peraí Max, ainda não

O problema é que para um cenário de RPG pós-apocalíptico é necessário haver um apocalipse, obviamente. Apenas destruir a infra-estrutura do planeta não vai ser capaz de aleijar a raça humana, já que com tempo e esforço, as coisas lentamente voltariam a ser o que era antes do evento. O que fazer?

Sendo necessário um outro evento que consiga dizimar a maior parte das mentes pensantes, essas sim responsáveis pela reconstrução do planeta, podemos pensar numa gama de eventos, como uma pandemia viral que se espalha rapidamente com a negligência da saúde, a boa e velha guerra mundial nuclear entre potências, uma invasão de extraterrestres que querem limpar nosso planeta, e por aí vai.

É importante salientar que a erupção solar não destruirá a estrutura urbana. Se por algum outro motivo os homens desaparecerem, ainda restarão as cidades fantasmas em perfeito estado de conservação.

Aos que são interessados em jogos pós-apocalípticos, aqui vai um link de um artigo que eu recomendo, dando dicas de utensílios importantes para um personagem carregar.

Através do WeeBeeGamers, encontrei este curta-metragem baseado em Half-Life 2. Um dos maiores problemas das adaptações de jogos para filmes é quando a tentação de contar a história do protagonista, feita para se jogar, é escolhida ao invés de se contar a história do jogo, que é rica de várias maneiras e bem mais fácil de se causar uma boa impressão.

half-life-2-episode-2-screenshot-big

Half-Life foi um dos melhores jogos que eu já tive o prazer de experimentar. No primeiro, retratava um envolvente complexo científico secreto e em suas expansões mostrava vários lados da história, com soldados invadindo para queima-de-arquivo e sobreviventes tentando escapar vivos tanto dos monstros como dos soldados. O segundo jogo conseguiu retratar de maneira primorosa uma sociedade destroçada que foi suplantada por uma força brutal, reprimindo os direitos dos cidadãos e retratando assim uma sociedade distópica. É bom ver que também que tecnologias avançadas, como rifles de plasma e veículos veículos, convivem lado-a-lado com revólveres .357 e hovercrafts feitos com material improvisado.

Ok, a Terra está desolada com a ruína da civilização humana. Cidades se tornaram cemitérios de concreto desertos e  alguns sobreviventes lutam em uma competição pela vida diariamente. Não importa realmente se foi um holocausto nuclear, zumbi ou o escambau. Aqui vão algumas das melhores coisas que você pode carregar para se proteger dos perigos deste mundo escroto e brutal.


Cavalo

Um cavalo é algo muito melhor que um automóvel em um mundo apocalíptico. O cavalo não bebe gasolina – algo difícil de se encontrar em abundância – só bebe água e come pasto. A menos que você esteja pensando em atravessar um deserto, ele é realmente uma opção interessante. É claro que o animal pode sempre morrer, mas automóveis também costumam quebrar e nem sempre há peças sobressalentes por perto.

Canivete Suíço

Muitas ferramentas úteis dentro de seu bolso. Tesoura, faca, serra, saca-rolhas… Bem, até este último pode ter utilidade, não é? Apesar de não serem tão boas quanto as de verdade, foda-se, você vai precisar de um destes!

Zippo

Precisa botar fogo em algo com estilo? Não importa se é para incendiar uma casa com zumbis dentro, para acender um molotov ou um cigarro. Um isqueiro robusto é necessário para enfrentar uma civilização destruída.

Cachorro

Um cão é essencial quando você for se virar sozinho. Ele fareja coisas, detecta estranhos e ainda pode te proteger. Dividir comida e água parece justo, especialmente quando você lembrar que o melhor de tudo é que ele nunca vai te sacanear.

Cantil

Quanto mais, melhor. Você nunca sabe quando será a última vez que verá água potável, então sempre esteja preparado.

Cigarros

Eventualmente você vai topar com um viciado em tabaco ao andar pelo mundo desolado. Quando isto ocorrer, você terá poder de troca para arrumar algo realmente interessante que não seja câncer em formato cilíndrico.

Chocolate

Não é nutritivo e você vai enjoar rapidamente, mas quando a fome apertar, basta dar uma mordida em uma barra de chocolate calórico que ela passa em um instante.

Arma de Fogo

Se você quer ser o escroto, tenha uma arma. Aponte para quem chegar perto de você, sempre. Se puder escolher, pegue um revólver, já que ele é muito mais resistente que uma pistola.

Pilhas

Lanternas, rádios e pequenas gambiarras para eletrônicos úteis precisam de uma coisa: Eletricidade. Se você não quer carregar uma bateria de carro nas costas, pilhas ajudam bastante.

Machado de Bombeiros

Está sem munição ou não tem como forçar uma porta para entrar em um abrigo seguro? Bom para intimidar outros sobreviventes, abrir crânios de zumbis ou simplesmente destruir coisas.

Mochila

Você vai precisar guardar qualquer porcaria que encontrar pelo caminho que possa ser útil. Isso inclui comida, tesouras, cola, livros (para fogueiras, claro), roupas e toda quinquilharia que você imaginar.

Bandagens e Anti séptico

Ok, isso não vai melhorar muito os seus ferimentos, mas é melhor do que agonizar com uma ferida infectada e morrer por ela. O tempo extra que esses cuidados dão podem aumentar suas chances de encontrar um médico de verdade.

Estimulantes

Você está sendo perseguido e não pode dormir, mas seu corpo está desperto há 48 horas seguidas. O que fazer? Bem, basta tomar uma anfetamina para ficar acordado até sair do perigo imediato.

Silvertape

Por sugestões, adicionei a fita adesiva prateada à lista. Serve como algema, suporta forças enormes e ainda dá para consertar alguns objetos bem rústicos, como fuscas. Não é pesada e nem ocupa muito volume, sendo ideal para um sobrevivente.

Aqui vai o link de uma matéria do .20 que dá dicas para refúgios no caso de um holocausto zumbi. Não é exatamente o mesmo assunto desta postagem, mas consegue se encaixar.