Skip navigation

Como já se passou bastante tempo desde que eu comentei Knowing, irei explicar mais da minha idéia para um cenário pós-apocalíptico. A Wired também descobriu que o assunto desperta interesse e começou a publicar matérias sobre o apocalipse geomagnético, também conhecido como solar flare (erupção solar) ou mais popularmente, quando o botijão de gás do forno celestial explode. Antes de mais nada, vou deixar claro que isso pode acontecer a QUALQUER momento e que a nossa civilização não está preparada para enfrentar este desastre.

Nem Nicholas Cage resistiu
Nem Nicholas Cage evitou

As erupções solares liberam a energia de milhões de bombas atômicas que desintegram tudo que encontram pela frente, até mesmo átomos. O plasma aquecido a uma temperatura de milhões de graus Kelvin consegue acelerar partículas elementares a uma velocidade próxima à da luz, produz radiação em todas as freqüências eletromagnéticas e afeta toda a ionosfera terrestre, prejudicando a comunicação via rádio a longas distâncias.

Diferentemente do que o personagem de Nicholas Cage sofreu no filme Presságio, você não vai morrer torrado, calcinado e depois completamente desintegrado pela ação da energia solar. O principal motivo para isto é que a Terra possui um campo magnético que nos protege da ação nociva desses raios solares, defletindo partículas  e amortecendo o impacto delas no nosso planeta. É por isso que nós não moramos em um lugar como Marte, que não possui magnetosfera e que cuja atmosfera foi completamente varrida para o espaço sideral. O que possivelmente vai ocorrer no futuro, sabe-se lá quando, é um apagão em massa por conta dos ventos solares que agridirão as linhas de força e outros equipamentos sofisticados. Isso é um consenso: Cedo ou tarde virá um dos grandes e o estrago vai ser feio.

Peraí Max, ainda não

Peraí Max, ainda não

O problema é que para um cenário de RPG pós-apocalíptico é necessário haver um apocalipse, obviamente. Apenas destruir a infra-estrutura do planeta não vai ser capaz de aleijar a raça humana, já que com tempo e esforço, as coisas lentamente voltariam a ser o que era antes do evento. O que fazer?

Sendo necessário um outro evento que consiga dizimar a maior parte das mentes pensantes, essas sim responsáveis pela reconstrução do planeta, podemos pensar numa gama de eventos, como uma pandemia viral que se espalha rapidamente com a negligência da saúde, a boa e velha guerra mundial nuclear entre potências, uma invasão de extraterrestres que querem limpar nosso planeta, e por aí vai.

É importante salientar que a erupção solar não destruirá a estrutura urbana. Se por algum outro motivo os homens desaparecerem, ainda restarão as cidades fantasmas em perfeito estado de conservação.

Aos que são interessados em jogos pós-apocalípticos, aqui vai um link de um artigo que eu recomendo, dando dicas de utensílios importantes para um personagem carregar.

Anúncios

One Comment

  1. Ei, amigos lupinos, atualizem seus blogrolls! Nosso endereço agora é .com.br, e nossos banners podem ser encontrados no seguinte endereço: pensotopia.com.br/parcerias


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: