Skip navigation

 

Mutants & MastermindsEm 2008 tive a oportunidade de jogar Mutants & Masterminds em uma aventura. Confesso que nunca fui fã de quadrinhos e que não levava fé neste tipo de jogo, imaginando que seríamos todos heróis estereotipados, daqueles bonzinhos demais para conseguir realizar alguma coisa. Não foi bem assim.

Na hora que comecei a criar a ficha, por influência do mestre, optei por criar um mago místico que trabalhava como historiador de um museu, já que adquirira seus poderes em uma viagem antropológica à África. Conceito pronto, escolhi por ter uma identidade secreta e adotei o ridículo nome, por sugestão do mestre, de Dr. Oculto. É claro que ao conhecer o Dr. Estranho (Dr. Strange, no original), eu me senti bem melhor.

Me surpreendi com a modulação das regras, que não eram difíceis, mesmo não sendo exatamente nem d20, nem GURPS. O nível de dificuldade para montar uma ficha funcional é baixo, coisa de no máximo uma sessão. A parte mais sensível, ao meu ver, são os equipamentos e alguns poucos poderes mais elaborados, mas isto é algo que pode ser relevado se o personagem for um super-herói clássico. Como em GURPS, os poderes podem ser restringidos parar gerar uma economia de pontos. Na minha opinião esta é uma ótima opção para montar personagens realmente distintos que não sejam uma cópia de outro. Infelizmente os poderes básicos são todos parecidos, como o melee e o raio à distância. Você escolhe um estilo para ele, como “fogo” ou “raio energético”, mas isso não muda muita coisa em termos de jogo.

Darkness

Dr. Oculto era agora um mago inteligentíssmo (apesar de que, infelizmente, isso não mudava muita coisa em seu favor) com teleporte e outras magiazinhas bestas que seriam mal-usadas posteriormente. Mais tarde, inutilmente, refinei o conceito dele e o tornei muito mais próximo do Darkness (à direita). Para o infortúnio do mestre, 75% dos jogadores são degenerados e os super-heróis pareciam tudo, menos heróis. Tínhamos um ex-vilão lobotomizado com um simbionte ao estilo Carnage, tínhamos um protagonista de anime cuja espada era viciada em matar vilões, tínhamos o Dr. Oculto, que se questionou seriamente em roubar a grana de um assalto à banco, e por último tínhamos um Super-homem com capuz negro com a habilidade de curar, o único herói, concretamente falando.

Dr. OcultoO melhor de tudo é que éramos todos pobres. Quando precisamos viajar até Gotham, todos ficaram se entreolhando naquele silêncio sepulcral até que eu disse “A gente pode ir no meu carro.” A parte mais hilária foi descobrir que não iríamos chegar em tempo e o clone do Super-homem teve que carregar o veículo inteiro, com nós dentro, nas costas enquanto voava. Claro que com a altitude, todos nós nos agasalhamos e ligamos o aquecedor para não morrermos de hipotermia enquanto estávamos nesta cena tosca.

A partida foi engraçadíssima e contou até com a aparição do Batman no Asilo de Arkham. Eu matei o alvo da nossa tentativa de resgate forçado sem querer e tive que fugir, via teleporte e moribundo, para um posto de beira-de-estrada que visitamos quando estávamos chegando em Gotham, senão meus companheiros iriam arrancar meu coração dentro do asilo.

BobPosso dizer que foi uma excelente partida. É claro que os conhecimentos de HQ’s do mestre, o Dr. H, ajudaram a criar um cenário onde pudemos nos sentir algo mais que “os mascarados novatos” dentro da trama. O sistema é interessante, mas ao meu ver ainda precisa de mais refinamento. O livro disponibiliza algumas fichas prontas que servem de modelo, o que facilita na ocasião de surgir um jogador esquecido.

Para fechar, duas dica: Todos do grupo fizemos nossas ficha na Fábrica de Heróis, que possui um flash ótimo para criar supers. Neste link você vai direto para o post da Nitro Dungeon, onde ele disponibilizou versões alternativas das fichas de M&M em português, bem como a regra alternativa de dano.

Anúncios

2 Comments

  1. Valeu por divulgar a ficha! Muito obrigado!
    [Nitro]

  2. Ótima matéria,recomendo o M&M para quem ainda não jogou,o sistema é simples e fácil.Em breve,a Green Ronin vai publicar mais uma edição de M&M para o reino da fantasia ao estilo D&D que,diga-se de passagem,estou interessado.
    Confira:Warriors & Warlocks
    http://www.mutantsandmasterminds.com/super-vision/000610.php


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: