Skip navigation

Interessados em jogos de D&D com elementos sombrios provavelmente sabem que o Monster Manual III tem alguns dos melhores monstros para dar uma boa ambientação e um verdadeiro toque tenebroso. Boneclaw, Charnel Hound, Night Twist, Shrieking Terror.

Boneclaw
Uma figura vagamente humanóide com 2 metros e meio de altura e longuíssimos garras nos finos braços, cuja carne parece uma hedionda massa disforme. Ou também mais um aborto da Umbrella.
Um duro oponente no combate corporal devido ao seu alcance maior e resistência profana, o Boneclaw cria uma ótima atmosfera de terror ao surpreender os personagens em uma sala-armadilha, bloqueando a única passagem dela e fazendo o paladino ou o clérigo caírem com um par de ataques.

Charnel Hound
Uma névoa mesclada com odor de moribundos e cadáveres durante a noite em um descampado é um ótimo cenário para esta monstruosidade. O efeito aterrorizante justifica-se não pela aparência, mas como pela Frightful Presence (Presença Aterradora) que a criatura possui. Mais que isso, um companheiro de grupo que fique com pontos de vida negativo por conta de um ataque de um Charnel Hound é imediatamente absorvido pela criatura: Um pesadelo vivo! De acordo com o livro, são geralmente bons guardiões.

Night Twist
Um clássico. Existem variadas possibilidades de aventuras com este monstros: Crianças que desaparecem floresta adentro; um pântano assombrado no qual vive uma “bruxa” ou então um cemitério desolado com árvores mortas numa área remota de uma cidade. Lembrando vagamente o filme Sleepy Hollow, do Tim Burton, este monstro pode estar facilmente por trás de uma trama simples.
Como meu amigo Judeu fez, a árvore cresceu num cemitério antigo, se alimentando dos cadáveres lá enterrados. O solitário morador da mansão ao lado foi se alienando aos poucos e começou a crer que na verdade a árvore era o espírito dos seus antepassados e que ele deveria ajudá-la a se alimentar. Resumo da ópera: Fomos contratados para uma falsa tarefa e viramos todos comida de árvore. TPK.

Shrieking Terror
Se você está vendo a figura dela sabe que é digna de um pesadelo. A primeira coisa que eu pensei ao ver ela foi uma sombria catedral vazia, com sua semi-arruinada arquitetura colossal no mais absoluto silêncio. Naquela penumbra, um guincho monstruoso corta o ar e a criatura aparece voando no limiar da escuridão. Apesar de não ser inteligente para criar uma plot estruturada nela mesma, o misterioso surgimento de uma criatura extraplanar como essa no plano material é um bom gancho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: