Skip navigation

[Update 28/05/07] Adicionada imagem ilustrativa de Razanalgar. Adicionado subtipo e idiomas.

Uma lenda conta a história de um tigre que durante anos desafiou os mais experientes caçadores de uma região com ataques aos rebanhos em plena luz do sol e chegou até mesmo a ser observado por crianças rondando a borda da mata, como se estivesse mostrando quem era o dono daquele lugar. Sua presença com alguns meses acabou por torná-lo o mais temido animal do bosque, sendo temido pelos lenhadores e caçadores que outrora tiravam o sustento da floresta e formentando conversas nas tavernas acerca de sua origem.
Eventualmente ocorreu uma reunião entre os anciãos e houve o consenso de que aquele animal era diferente dos outros, pois se por um lado atacava lenhadores, por outro havia defendido uma garota que havia se perdido na floresta de uma matilha de lobos e ainda a guiou de volta à aldeia. Com as economias de todos os aldeões, convocaram então um druida para tentar resolver este impasse que acabava por tornar a vida de todos insegura. Após uma semana dentro da floresta, o tal druida voltou com o tigre ao seu lado. Como se já não fosse o bastante para assustar os plebeus o suficiente, o tigre falou “Ao menos humanos tem algo em comum com os animais: eles correm de medo perante um verdadeiro caçador!”e riu, fazendo com que os poucos corajosos que restavam saíssem correndo de medo.
“Razanalgar”, respondeu ao o druida quando este perguntou seu nome.

Razanalgar, embora seja inteligente, conserva traços de seu instinto animal. Ele não é exatamente arrogante, mas considera que todos os que não são elfos são pessoas potencialmente egoístas que farão de tudo para aumento do poder pessoal. Seu espírito é provocador e não aceitará receber ordens ou ser ameaçado por ninguém, buscando criar um conflito para subjugar pela força aqueles que se atrevem a desafiar sua autoridade. Ele é um caçador e segue os ensinamentos de um, abominando covardias contra presas (incluindo caçar fêmeas e filhotes) e zelando pelo equilíbrio de seu habitat.
O tigre atroz também ajudará crianças ou filhotes de outras criaturas, chegando até mesmo ao ponto de defender de lobos e outros animais selvagens. Ele admira a coragem e bravura e respeita profundamente aqueles que demonstram estas qualidades, além de apenas desejar com que seus inimigos aprendam lições e mudem seu comportamento.

Normalmente Razanalgar fica escondido enquanto espreita aqueles que entram em seu domínio, observando passivamente para então poder ter uma opinião sobre o caráter das pessoas. Em algumas outras situações porém, ele pode tentar assustar os invasores e até mesmo atacar, caso atentem contra a natureza de alguma forma. Razanalgar não irá atacar um aventureiro que por algum motivo se desprenda do grupo pois prefere o combate contra todos. A única ressalva para este caso é quando o oponente é Grande ou maior, pois aí sim o tigre partirá para a agressão de maneira feroz e sem piedade.

Atitude perante lenhadores, caçadores e orcs: Hostile
Atitude perante aventureiros: Unfriendly
Atitude perante elfos e druidas: Friendly
Atitude perante crianças: Helpful

Histórias:
• Originalmente capturado quando era jovem por um mago e sofrendo terríveis experimentos ao longo dos anos, conseguiu fugir e foi despertado por um druida.
• Sua terra natal era uma floresta élfica infudida com magia, mas que com a chegada de um dragão foi destruída e corrompida. Não querendo ver o belo animal ser morto pelo réptil, um druida o despertou.
• Ele é um dos raríssimos animais pelo mundo que são abençoados e despertados graças à magia do deus da natureza. Opcionalmente ele pode ter um inimigo lobo ou um aliado urso, ambos despertados.

Razanalgar
Tigre Atroz Despertado
Besta Mágica Grande (Animal Encantado)
DV: 18d8+54 (135 pv)
Iniciativa: +2
Deslocamento: 12m [40 ft.] (8 casas)
Classe de Armadura: 20 (–1 tamanho, +3 Destreza, +6 natural, +2 deflexão), toque 14, surpreso 17
Bônus Base de Ataque/Agarrar: +13/+25
Ataque: Garra +21 corporal (2d4+8)
Ataque Total: 2 garras +21 corporal (2d4+8) e mordida +15 corporal (2d6+4)
Espaço/Alcance: 3m/1,5m [10 ft./5 ft.]
Ataques Especiais: Agarrar Aprimorado [Improved Grab], Bote [Pounce], Rasgar [Rake] 2d4+4
Qualidades Especiais: Visão na Penumbra [Low-light Vision], Faro [Scent]
Testes de Resistência: Fortitude +14, Reflexos +13, Vontade +12
Atributos: For 27, Des 16, Con 17, Int 11, Sab 12, Car 12
Perícias: Esconder-se [Hide] +12*, Saltar [Jump] +14, Ouvir [Listen] +6, Mover-se em Silêncio [Move Silently] +12, Observar [Spot] +7, Nadar [Swim] +10
Idiomas: Comum e Élfico
Talentos: Ataque Natural Aprimorado [Improved Natural Attack] (Garra), Ataque Natural Aprimorado [Improved Natural Attack] (Mordida), Corrida [Run], Foco em Arma [Weapon Focus] (Garra), “Furtivo” [Stealthy], Prontidão [Alertness]
Ambiente: Florestas quentes
Nível de Desafio: 9
Tendência: Neutro/Neutro
Tesouro: Anel de deflexão +2 (como brinco)

Perícias: Tigres atrozes possuem um bônus racial de +4 em Esconder-se e Mover-se em Silêncio.
*Em áreas de grama alta ou de densa folhagem o bônus racial de esconder-se aumenta para +8.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: